Quem sou eu

Minha foto
Remígio-PB, Paraíba, Brazil
Mestre em Letras pela UEPB e professor de Língua Portuguesa dos ensinos fundamental e médio. Meu interesse com esse espaço é poder divulgar e compartilhar com todas e todos minhas atividades escolares e questões objetivas de português para estudos voltados para concursos públicos e o ENEM.

quarta-feira, 23 de maio de 2012

ATIVIDADE DE LITERATURA SOBRE TEXTO LITERÁRIOE TEXTO NÃO LITERÁRIO


PROF.: JEAN RODRIGUES LÍNGUA PORTUGUESA

LITERATURA

A literatura é uma forma artística de representação da realidade. Literatura é ficção; é a recriação de uma realidade, através de palavras são combinadas de maneira pessoal, criativa, subjetiva. A combinação revela a maneira individual de cada escritor interpretar a realidade.

EXEMPLO 1
Mulher assassinada

         “Policiais que faziam a ronda no centro no centro da cidade, encontraram, na madrugada de ontem, perto a Praça da Sé, o corpo de uma mulher aparentando 30 anos de idade. Segundo depoimentos de pessoas que trabalham nos bares próximos, trata-se de uma prostituta conhecida por Nenê. Ela foi assassinada a golpes de faca. A polícia descarta a hipótese de assalto, pois sua bolsa, com a carteira de dinheiro, foi encontrada junto ao corpo. O caso está sendo investigado pelo delegado do 2º Distrito Policial.”
(JORNAL DA PARAÍBA, 2007)

           EXEMPLO 2:                                                                    EXEMPLO 3:
CONSOADA

“Quando a Indesejada das gentes chegar
(Não sei se dura ou coroável),
Talvez  sorria, ou dia:
Alô,  iniludível!
O meu dia  foi bom, pode a noite descer.
(À noite com seus sortilégios).
Encontrará lavrado o campo, a casa limpa,
A mesa posta,
Com cada coisa em seu lugar.”

(MANUEL BANDEIRA)
EPITÁFIO PARA UM BANQUEIRO

NEGÓCIO
OCIO
EGO
CIO
O

(PAULO PAES)

 RESUMINDO...

TEXTO LITERÁRIO
TEXTO NÃO-LITERÁRIO
SUBJETIVO
OBJETIVO
SENTIDO FIGURADO
SENTIDO REAL
CRIATIVO
RACIONAL
FICCIONAL
NÃO-FICÇÃO
VÁRIAS INTERPRETAÇÕES
ÚNICA INTERPRETAÇÃO
LINGUAGEM  MAIS TRABALHADA
LINGUAGEM  SIMPLES

ATIVIDADE EM CLASSE

1.   Leia o texto abaixo para responder as questões que se segue:

AS FRÔ DE PUXINANÃ

Três muié ou três irmã,
três cachôrra da mulesta,
eu vi num dia de festa,
no lugar Puxinanã.

A mais véia, a mais ribusta
era mermo uma tentação!
mimosa frô do sertão
que o povo chamava Ogusta.

A segunda, a Guléimina,
tinha uns ói qui ô! mardição!
Matava quarqué cristão
os oiá déssa minina.

Os ói dela paricia
duas istrêla tremeno,
se apagano e se acendeno
em noite de ventania.

A tercêra era Maroca.
De cóipo muito mal feito,
Mas porém tinha nos peito
dois cuscuz de mandioca.

Dois cuscuz, que, por capricho,
quando ela passou por eu,
minhas venta se acendeu
cum o chêro vindo dos bicho.

Eu inté me atrapaiava,
sem sabê das três irmã
qui ei vi im Puxinanã,
qual era a qui mi agradava.

Inscuiendo a minha cruz
prá sair desse imbaraço,
desejei morrê nos braços
da dona dos dois cuscuz

(Autor: Zé da Luz)

a)   Poderíamos dizer que este texto é literário, ou não? Por quê?
b)   O que prova que este texto é um poema?
c)   Se trocássemos a linguagem coloquial em que o texto foi escrito pela linguagem culta, mudaria a beleza poética do texto?
d)   O eu-lírico do texto nos conta sua paixão por três irmãs. Como ele descreve cada uma das moças?
e)   No final do texto, com qual das irmãs o eu-lírico resolveu ficar? E por que ele escolheu esta?

2.   Observe a imagem abaixo para responder as seguintes questões:


a)   Que gênero textual é este?
b)   Ele é literário? Por quê?
c)   Qual sua finalidade?
d)   Onde podemos encontrar este gênero textual?
e) Se não tivesse a imagem, será que entenderíamos sobre o que trata esse texto? Porquê?
f)    De que trata este texto?
g) Será que o problema que está sendo mostrado neste texto existe no nosso cotidiano?

3. Indique quando o texto é LITERÁRIO quando e NÃO É LITERÁRIO:

a)   Trem de Ferro

Café com pão
Café com pão
Café com pão
Virge Maria que foi isso maquinista?
Agora sim
Café com pão
Agora sim
Voa, fumaça
Corre, cerca
Ai seu foguista
Bota fogo
Na fornalha
Que eu presciso
Muita força
Muita força
Muita força
Oô...
Menina bonita
Do vestido verde
Me dá tua boca
Pra matá minha sede
Oô...
Vou mimbora
Vou mimbora
Não gosto daqui
Nasci no sertão
Sou de Ouricuri
Oô...
Vou depressa
Vou correndo
Vou na toda
Que só levo
Pouca gente
Pouca gente
Pouca gente...

(Manuel Bandeira BANDEIRA, M. Estrela da Manhã, 1936.)

b) Selfie mortal: busca pela foto perfeita já matou 259 pessoas no mundo

  “A busca por selfies perigosas já matou 259 pessoas entre 2011 e 2017, revelou um novo estudo, mas os autores da pesquisa acreditam que esse número pode ser ainda maior. O estudo compilou notícias sobre mortes de pessoas enquanto tentavam tirar fotos de si mesmas em situações arriscadas. São casos como o do jovem Gavin Zimmerman, de 19 anos, que, em julho deste ano, caiu de um penhasco na Austrália enquanto fazia uma foto.” (BBC News 04/08/2018)

c)   A Rosa e o Mar

“Linda doçura de gosto refinado
embelezas minha estrada, o meu caminho
com teus leves "insites" amalgamados
de amor, de ternura e de carinho.

Tuas palavras acariciam o meu ego,
teus versos me revelam o lado lindo,
tua sutileza me envolve e me desprego
das amarras da vida e do destino”.

d)   Brigadeiro de Leite Moça

INGREDIENTES

1 lata de Leite MOÇA; 3 colheres (sopa) de Chocolate em Pó; 1 colher (sopa) de manteiga; 1 xícara (chá) de chocolate granulado; manteiga para untar.

MODO DE PREPARO

Em uma panela, coloque o Leite MOÇA® com o Chocolate em Pó e a manteiga. Misture bem e leve ao fogo baixo, mexendo sempre até desprender do fundo da panela (que corresponde a cerca de 10 minutos). Retire do fogo, passe para um prato untado e deixe esfriar. Com as mãos untadas, enrole em bolinhas e passe-as no granulado. Sirva em forminhas de papel.
Rendimento: 40 docinhos.

e)   O coelho das orelhas cumpridas

Amanhecia no bosque quando o coelhinho das orelhas grandes saiu de casa com o seu macacão azul e uma cesta, para comprar legumes e frutas.
Saltando entre pinheiros e amoras, de onde começaram a sair tordos, cães e ratinhos para o ajudar nas compras, logo chegou à feira.
Escolheu cenouras, alfaces e rabanetes, para fortalecer os olhos e os dentes.
Também maçãs com vitaminas para adoçar a merenda e todas as outras que vocês quiserem recomendar-lhe que leve.
No seu regresso, a mesa estava posta e os seus 15 irmãozinhos, com as patinhas lavadas, esperavam sentados para almoçar.Depois de lavar as dentolas e dormir a sesta, saíram, como recompensa, para brincar com os seus amigos, os bichinhos, as aves e os insetos do bosque.
(https://www.omeubebe.com)

4.   Leia o fragmento de texto abaixo e responda as perguntas:

PADRE: (aparecendo na igreja) Que gritaria é essa?
CHICÒ: Mandaram avisar que uma pessoa vai trazer um cachorro para o senhor benzê.
PADRE: para eu benzer?
CHICÒ: Sim.
PADRE: (com desprezo) Que maluquice! Que besteira!
JOÃO GRILO: Mas padre, no dia em que chegou o motor novo do major Antônio Morais o senhor não benzeu?
PADRE: Motor é diferente, é uma coisa que todo mundo benze, mas benzer cachorro?
JOÃO GRILO: É Chicó, o padre tem razão, benzer o cachorro do Major Antônio Morais não pode.
PADRE: Como? E o dono do cachorro é Antônio Morais?
JOÃO GRILO: É. Eu não queria vir, com medo de que o senhor se zangasse.
PADRE: (sorrindo) Zangar nada, João!
JOÃO GRILO: (cortante) Quer dizer que benze, não é?
PADRE: Não vejo mal nenhum em se abençoar as criaturas de Deus. Diga ao Major que venha. Eu estou esperando. (entra na igreja)

(AUTO DA COMPADECIDA PRIMEIRO ATO)

a)   O texto acima é considerado literário ou não literário?
b)   Quais características esse texto possui para ser considerado o que você disse na questão “a”?
c)   A qual gênero pertence esse tipo de texto (Lírico épico ou dramático)?
d)   Quais características esse texto possui para ser considerado o que você disse na questão “c”?
e)   Por que o padre resolveu benzer o cachorro no fragmento de texto acima?

5.   Leia os dois textos ao lado e responda as questões com suas palavras:

TEXTO 1:
Descuidar do lixo é sujeira
Diariamente, duas horas antes da chegada do caminhão da prefeitura, a gerência de uma das filiais do McDonald’s deposita na calçada dezenas de sacos plásticos recheados de papelão, isopor, restos de sanduíches. Isso acaba propiciando um lamentável banquete de mendigos. Dezenas deles vão ali revirar o material e acabam deixando os restos espalhados pelo calçadão.
(Veja São Paulo, 23-29/12/92)


TEXTO 2:        O bicho 
Vi ontem um bicho
Na imundície do pátio
Catando comida entre os detritos. 
Quando achava alguma coisa,
Não examinava nem cheirava:
Engolia com voracidade.
O bicho não era um cão,
Não era um gato,
Não era um rato.
O bicho, meu Deus, era um homem. 

(Manuel Bandeira. Em Seleta em prosa e verso. Rio de Janeiro: J. Olympio/MEC, 1971, p.145)

a)   Qual o assunto em comum tratado nos dois textos?

b)   Qual deles é considerado um texto literário?

c)   Qual deles é considerado um texto não literário?

d)   No texto 2, há uma palavra usada no sentido conotativo. Que palavra é esta?

e)   Por que o texto 2 é considerado um poema?

OS DESAFIOS DA QUARTA GERAÇÃO
Copa do Mundo de 2014 é o primeiro evento de porte mundial em que o 4G será largamente usado
Desde abril, usuários de telefone móvel de algumas das principais cidades brasileiras têm à sua disposição a tecnologia de quarta geração (4G), que oferece maior capacidade de transmissão de dados, imagens e vídeos. A inovação, que chegou ao Brasil quase um ano depois da estreia mundial dessas redes mais avançadas, terá um marco no próximo ano, quando a cobertura do serviço deverá ser ampliada no País: a Copa do Mundo de Futebol será o primeiro grande evento de porte no planeta em que celulares poderão acessar a rede 4G, compartilhando fotos e imagens com mais rapidez. A chegada da novidade coincide com um momento desafiador para as empresas de telecomunicações: a demanda setorial no País, que já tem mais de um celular por habitante, deverá continuar crescendo diante da ascensão social, o que exigirá a manutenção de altos investimentos. Melhorar a qualidade dos serviços e ampliar a cobertura da rede serão palavras de ordem dos executivos, que terão de aperfeiçoar a imagem do segmento, que tem sido afetado por crescentes críticas de consumidores.

(https://atendimiti.wordpress.com/2013/05/21/os-desafios-da-quarta-geracao/)

6.   Com relação ainda ao texto acima assinale a única alternativa FALSA:

a)   O texto acima não é literário porque se apresenta em sentido denotativo.
b)   Esse texto não apresenta mais de uma interpretação.
c)   O texto acima é uma notícia e tem a função de informar ao leitor, é objetivo, uma vez que é literário.
d)   O texto acima foi escrito em parágrafos.
e)   A demanda social de celular por habitante tenderá a crescer, segundo texto.

7.   Observe a imagem abaixo e assinale a única alternativa FALSA:


a)   A função desse texto é transmitir uma reflexão ao leitor.
b) A palavra “” do texto pode ser substituída, sem alterar o sentido do mesmo, por “apenas”.
c)  A mensagem do texto é a de que o desmatamento também afeta direto e negativamente a vida dos animais.
d) Esse texto não é literário visto que apresenta apenas uma interpretação, é objetivo, trata de uma realidade e suas palavras estão no sentido denotativo.
e) A imagem e o pequeno texto (NÃO ERA SÓ UMA ÁRVORE) juntos são desnecessários, visto que sem um ou outro o sentido geral da mensagem não seria prejudicada.

8.   Leia o texto abaixo e marque a ÚNICA alternativa CORRETA:

No país do Futebol

“A Copa do Mundo será uma excelente oportunidade para o Brasil mostrar as marcas de suas empresas. A Espanha começou a modernizar a imagem a partir dos Jogos Olímpicos. O Brasil deve fazer o mesmo porque o País está entre os melhores em muitas áreas e poucos sabem disso”. A afirmação é da professora do Insead, Lourdes Casanova, especialista em multinacionais latino-americanas, convidada com outro palestrante internacional, Soumitra Dutta, para um café da manhã oferecido pelo IEL a empresários e acadêmicos, que reuniu mais de cem pessoas. [...]

(Revista IEL Interação, Ano 18, nº 207, setembro/outubro/novembro 2009, p. 20.)

a)   Este texto é literário porque nos diverte falando da Copa do Mundo.
b)  Este texto é épico, porque nos conta uma história em que o herói é um povo de um país, ou seja, o campeão da Copa.
c)   Este texto é um poema, porque está estruturado em versos e estrofes.
d) Este texto não é de literatura, e sua função é transmitir uma informação de forma clara e direta sobre a Copa do Mundo.
e) Este texto é dramático, pois fala no drama dos jogadores de futebol que jogam uma Copa.

9.   Leia os dois textos abaixo:

TEXTO I
O AÇÚCAR

O branco açúcar que adoçará meu café
nesta manhã de Ipanema
não foi produzido por mim
nem surgiu dentro do açucareiro por milagre.

Vejo-o puro
e afável ao paladar
como beijo de moça, água
na pele, flor
que se dissolve na boca. Mas este açúcar
não foi feito por mim.

Este açúcar veio
da mercearia da esquina e tampouco o fez o Oliveira, dono da mercearia.
Este açúcar veio
de uma usina de açúcar em Pernambuco
ou no Estado do Rio
e tampouco o fez o dono da usina.

Este açúcar era cana
e veio dos canaviais extensos
que não nascem por acaso
no regaço do vale.

Em lugares distantes, onde não há hospital
nem escola,
homens que não sabem ler e morrem de fome
aos 27 anos
plantaram e colheram a cana
que viraria açúcar.

Em usinas escuras,
homens de vida amarga
e dura
produziram este açúcar
branco e puro
com que adoço meu café esta manhã em Ipanema.
 (Ferreira Gullar.)

TEXTO II

A cana-de-açúcar

Originária da Ásia, a cana-de-açúcar foi introduzida no Brasil pelos colonizadores portugueses no século XVI. A região que durante séculos foi a grande produtora de cana-de-açúcar no Brasil é a Zona da Mata nordestina, onde os férteis solos de massapé, além da menor distância em relação ao mercado europeu, propiciaram condições favoráveis a esse cultivo. Atualmente, o maior produtor nacional de cana-de-açúcar é São Paulo, seguido de Pernambuco, Alagoas, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Além de produzir o açúcar, que em parte é exportado e em parte abastece o mercado interno, a cana serve também para a produção de álcool, importante nos dias atuais como fonte de energia e de bebidas. A imensa expansão dos canaviais no Brasil, especialmente em São Paulo, está ligada ao uso do álcool como combustível.

(Comentários sobre os textos: “O açúcar” e “A cana-de-açúcar” )


Com relação aos textos I e II, assinale a opção INCORRETA:

a) No texto I, em lugar de apenas informar sobre o real, ou de produzi-lo, a expressão literária é utilizada principalmente como um meio de refletir e recriar a realidade.
b) No texto II, de expressão não-literária, o autor informa o leitor sobre a origem da cana-de-açúcar, os lugares onde é produzida, como teve início seu cultivo no Brasil, etc.
c) O texto I parte de uma palavra do domínio comum – açúcar – e vai ampliando seu potencial significativo, explorando recursos formais para estabelecer um paralelo entre o açúcar – branco, doce, puro – e a vida do trabalhador que o produz – dura, amarga, triste.
d) O texto I, a expressão literária desconstrói hábitos de linguagem, baseando sua recriação no aproveitamento de novas formas de dizer.
e) O texto II não é literário porque, diferentemente do literário, parte de um aspecto da realidade, e não da imaginação.

GABARITO OFICIAL

1.  

a) esse texto é literário por se tratar de um poema.
b) porque é escrito em versos e estrofes.
c) com certeza mudaria, porque o poema perderia o ritmo.
d) a resposta pode ser transcrita literalmente das estrofes.
e) Ele ficou com Maroca, porque ela tem dois cuscuz de mandioca.

2. 

a) Trata-se de uma charge.
b) Não, porque é um texto objetivo, trata de um assunto real.
c) Criticar algum problema polêmico e atual.
d) Internet, jornais, revistas...
e)Não, porque um depende do outro para transmitir sentido.
f) Trata sobre o caos da saúde pública no Brasil.
g) Sim, com certeza. É um problema muito recorrente na nossa sociedade e veiculado sempre na mídia.


3.
a)   LITERÁRIO
b)   NÃO LITERÁRIO
c)   LITERÁRIO
d)   NÃO LITERÁRIO
e)   LITERÁRIO
4.
a)   Literário.
b)   É uma história ficcional.
c)   Pertence ao gênero dramático.
d)   É uma composição teatral. De linguagem simples e extensão curta,  feito com o intuito de ser encenado ou dramatizado.
e)   Porque ele acreditou que o cachorro pertencesse ao Major Antônio Morais.

5.
a)   Tratam sobre a questão do lixo.
b)   O Texto 2.
c)   O texto 1.
d)   A palavra “bicho”.
e)   Porque é estruturado em versos e estrofes.

6. C
7. E
8. D
9. D 


23 comentários:

  1. Seria interessante se houvesse gabarito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Professor ,Jean a questão 2 pede para observar a imagem abaixo,mas não a vi,você poderia postá-la novamente?

      Excluir
  2. kkk gabarito? é uma questão DISSERTATIVA

    ResponderExcluir
  3. Adoreii a escolha dos textos,bem exclarecedor..

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. MUITO LEGAL ESSA ATIVIDADE, GOSTEI, JÁ COPIEI, ABRAÇOS!

    ResponderExcluir
  6. O TEXTO É DE AUTORIA DE ZÉ DA LUZ, POETA PARAIBANO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado, Joab! Esse texto me foi apresentado na graduação (UEPB), mas eu lembrava o nome do autor! Vou atualizar!
      Grande abraço!

      Excluir
  7. Respostas
    1. Olá, Rosimary!
      Do jeito que está aí não tem como imprimir. Você vai ter que copiar as questões, colar numa página de word, editar e imprimir.

      Excluir
  8. Excelentes propostas. Parabéns!!!

    ResponderExcluir