sábado, 27 de julho de 2013

ATIVIDADE DE PORTUGUÊS SOBRE SEMÂNTICA

E.E.E.M.EUCLÍDES MOUZINHO DOS SANTOS
PROF.: JEAN RODRIGUES   3º ANO
ATIVIDADE DE PORTUGUÊS SOBRE SEMÂNTICA

1.   Assinale a única alternativa em que há negação do ponto de vista semântico:
a)   Eu não já lhe disse tantas vezes para andar direito, meu filho?!
b)   Você vai lá em casa hoje a noite, não vai?
c)   Ponho as mãos entre as chamas, sem queimar.
d)   Não só você, mas também seu irmão vai ter de ir à escola.
e)   –mãe, eu posso ir brincar agora?
-Olhe o dedinho!

2.   “ O MARIDO DE TEREZA DESABAFA SUA DOR, EXPIANDO A CADA DIA DE SUA EXISTÊNCIA A INSENSATEZ DE SUA ESCOLHA”
   “ ACOSTUMEI-ME A ABRIR OS OLHOS, ESPIANDO A                 EXPRESSÃO...”

Pode-se afirmar que os termos em destaque revelam uma analogia denominada de:

a)   Homonímia, porque possuem semelhança fônica, mas diferem no significado.
b)   Parônima, porque possuem semelhança gráfica, mas distingue no significado.
c)   Sentido figurado, porque assumem um sentido conotativo.
d)   Sinonímia, porque diferem na forma, mas assemelham-se na significação.
e)   Antonímia, visto que diferem tanto na forma quanto na significação.

3.   MEU PRESENTE É TER VOCÊ PRESENTE”, temos um jogo semântico que é proporcionado por:

a)   Uma polissemia ocasionada pela palavra presente que de acordo com o contexto, assume dois sentidos distintos.
b)   Uma homonímia ocasionada pela semelhança fônica e gráfica entre o substantivo presente e o adjetivo presente.
c)   Uma sinonímia perfeita entre as duas ocorrências da forma expressiva presente.
d)   Uma repetição de duas palavras com igual acepção.
e)   N.d.a

4.   Sobre a frase “ O PRIMEIRO CLONE A GENTE NUNCA ESQUECE” assinale V ou F:

(     ) estabelece relação com outro texto, parafraseando a estrutura do slogan de uma propaganda.
(     ) é original, pois não estabelece relação com nenhum outro texto.
(     ) reflete o conteúdo da frase, uma vez que não faz referência a uma segunda experiência com a clonagem animal.
A seqüência correta é:

a)   FFV b) VFF  c)FVV   d)VVF    e)VFV

5.    No ditado popular: “QUEM CASA QUER CASA”, os termos sublinhados são classificados como:

a)   Parônimos b) Sinônimos  c) Antônimos  d)Homônimos
e)Polissêmico

6.   Assinale a alternativa em que o vocábulo não apresenta um homônimo perfeito:

a)   Verão  b)Saia  c)Que   d)Mato   e)Concerto

7.    “O preço do açúcar pode estar salgado”. (jornal hoje 05/01/2006)
Com relação ao anuncio acima, analise as proposições que seguem:


I-            Temos uma relação de antonímia que dá mais ênfase ao conteúdo veiculado.
II-         A oposição entre as palavras “açúcar” e “salgado” não é admitida, pois a segunda palavra qualifica a primeira, não sendo, portanto antônimos perfeitos.
III-       Apesar de termos a relação de antonímia explicita entre “doce” e “salgado”, essa acepção contraditória está implícita.
A(s) alternativas correta(s) é (são):

a)   Apenas a I  b) Apenas a II   c) Apenas a III   d)I e II
e)II e III

HOUVE UMA SEMANA DE ACIRRADOS DEBATES NA CÂMARA. AGORA OS VEREADORES CONCLUEM SUA ANÁLISE COM A ANUÊNCIA ÀQUELE DISPOSITIVO DA LEI MUNICIPAL”.                             (VEJA, 2006)









8. A partir do trecho assinalado acima, entende-se que:

a)   A maioria dos vereadores aprovou certo dispositivo da lei municipal.
b)   Os vereadores, sem exceção, aprovaram o dispositivo da Lei municipal.
c)   Todos os vereadores reprovaram o dispositivo da Lei Municipal.
d)    A maioria absoluta dos vereadores boicotou certo dispositivo da Lei Municipal.
e)   A maioria dos vereadores concluiu sua análise com indiferença à aprovação ou não de certo dispositivo de Lei Municipal.

9.Leia o texto a baixo e marque a alternativa correta:

JORNAL DA PARAÍBA  
       “ESTUDANTE DISSE QUE SÓ FALA NA JUSTIÇA”           (04/06/03)

a)   Tem-se um caso de discurso direto que, se passado para o indireto, ficaria “ Estudante disse que só falaria na justiça
b)   A palavra “estudante” está sendo usada no sentido determinado, pois não há qualquer artigo ou pronome  indefinido para determiná-lo.
c)   O emprego do verbo “falar” está errado, pois em se tratando de uma ação projetada para o futuro, deveria ter sido usado o futuro do pretérito: “falaria
d)  Tem-se um caso de discurso indireto que, se passando para o direto, ficaria “estudante disse na justiça: falo.”

10. Com base na manchete abaixo, é correto afirmar que:

A SECA É FOGO
“PESQUISA NA AMAZÔNIA DEMONSTRA QUE TRÊS ESTIAGENS PODEM CAUSAR DANOS IRRECUPERÁVEIS À FLORESTA”.     
(JORNAL DA PARAÍBA, 2006).

a)   Houve degradação semântica que empresta um tom pejorativo ao termo “seca”.
b)   Houve uma restrição de sentido entre “seca”, pois restringe unicamente à “estiagem”.
c)   Houve ampliação de sentido porque “seca” não pode significar “falta d’água” e “estiagem”.
d)   Houve o emprego do termo “seca” “exclusivamente” em seu sentido figurado.
e)   Houve aproximação de sentidos entre “seca” e “fogo” em que evidencia o valor metafórico da manchete.

“PARA ENTRAR NA FACULDADE QUE VOCÊ ESCOLHEU NÃO FAÇA O CURSINHO. FAÇA o CURSÃO. Matricule-se já!”


11.Segundo o texto acima, podemos afirmar que:

I-            A relação “CURSINHO x CURSÃO” permite a retomada original da palavra “CURSINHO”: um pequeno curso.
II-         Além da ideia de diminuição, o uso do sufixo assume tom pejorativo, sugerindo que “CURSINHO” é um curso fraco.
III-       O sufixo em “CURSÃO” traduz a ideia de um curso organizado e eficiente.
Constata-se que pode (m) está correta (s):

a)   Todas b) Nenhuma  c)Apenas a I   d)Apenas a II e)Somente a III

12.“ O SENTIDO DO NOSSO MOVIMENTO É AQUELE QUE NÓS MESMOS LHE IMPRIMIMOS. O termo em destaque tem o mesmo emprego em:

a)   Nós imprimimos o cartaz do filme “Alice no País das Maravilhas” em todas as locadoras da cidade.
b)   A ideia que imprimimos é a da comparação entre a heroína e qualquer um de nós diante de dificuldades.
c)   Imprimimos várias senhas que vetam o acesso ao programa.
d)   Todas as folhas que imprimimos ficaram manchadas.
e)   O que imprimimos no computador foi anulado com o apagão sofrido na cidade.

13.Em: “ MEU FICANTE NÃO PARA DE ME LIGAR”. O TERMO “FICANTE” representa:

a)   Estrangeirismo, visto não ter sido incorporado nos dicionários mais recentes.
b)   Onomatopéia, porque foi criada levando em conta os sons naturais.
c)   Gíria, porque tem vida curta e já não comunica nada entre as gerações mais novas.
d)   Arcaísmo, por ter sido criado de gerações mais velhas.
e)   Neologismo, por ter sido criado a partir do verbo “ficar” na linguagem comum entre jovens.

14.Veja os enunciados em destaque:

A DIFERENÇA NÃO É ONDE VOCÊ NAVEGA.
É COM QUEM VOCÊ NAVEGA!
O termo em que uniria em um único período, dando-lhes sentido adversativo, é:
a)   Portanto  b)Quando  c)Todavia  d)Comumente
e)Especificamente

15.Com base nos percentuais correspondentes à pergunta da enquete, é correto afirmar que:
ENQUETE:
Qual é o seu programa preferido?

3150 Ratinho...................................................28, 33%
2450 Altas Horas..............................................22,04%
1994 Domingo Legal........................................17,94%
1330 Hebe........................................................11,94%
1243 Silvio Santos............................................11,18%
404 Faustão......................................................3,63%
192 Mais Você..................................................1,73%
153 Fábio Junior...............................................1,39%
146 Raul Gil.......................................................1,31%
55 FESTA DO MALANDRO.......................................0,49%
a)   As emissoras SBT e GLOBO  tem seus programas com o mesmo índice de audiência.
b)   A população brasileira prefere os programas pela RECORD e BAND.
c)   Os programas exibidos pelo SBT tem tido uma audiência maior de telespectadores.
d)   Os programa exibidos pela REDE GLOBO tem sido mais procurados pelos “ telecontrolados”.
e)   Os programas de entrevistas tem se tornado a atração principal dos telespectadores brasileiros.

16.Assinale a alternativa correta, fazendo uma leitura morfo-sintática-semâtica do fragmento seguinte:
O MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE DIMINUIU EM 86%OS INCÊNDIOS FLORESTAIS DO BRASIL. E AUMENTOU SIGNIFICATIVAMENTE OS ANOS DE VIDA DE NOSSOS PULMÕES.
a)   Não há nenhuma relação de sentido entre “incêndio florestal” e a “vida dos nossos pulmões”.
b)   Há uma inadequação de concordância em relação ao verbo “aumentar”.
c)   Há um equívoco no emprego da conjunção aditiva, depois do sinal de pontuação.
d)   Toda a construção textual apresenta problemas que ferem a norma culta.
e)   Há um jogo de oposições que valoriza a mensagem do texto.

17.A relação de sentido estabelecida para o termo “energia” na propaganda abaixo é denominada de:

NÃO DEIXE FALTAR ENERGIA NA SUA CASA.
LEIA BONS FLUIDOS.

a)   Paronímia, visto que apresenta um termo parecido com significados diferentes.
b)   Homonímia perfeita, porque se refere a um termo igual com significados diferentes.
c)   Sinonímia, porque faz uma referencia a um termo diferente com significados iguais.
d)   Antonímia, uma vez que emprega um termo com significados opostos.
e)   Polissemia, pois trata de um termo com a propriedade de assumir vários significados no contexto.

18.Leia as proposições sobre o texto a seguir e Assinale a alternativa correta:

NEM TODOS ESTÃO PREOCUPADOS COM A RECEITA DO SUCESSO, TEM GENTE APENAS PENSANDO NO SUCESSO DA RECEITA

I-            O slogan da revista confunde a interpretação da propaganda.
II-         A inversão dos termos “a receita do sucesso” por  “o sucesso da receita” altera o plano sintático.
III-       O verbo “ter” equivalendo ao verbo “haver” foi usado de acordo com a norma culta.
a)   I  b)II   c)III       d)I e II       e)II e III

19.
CUIDADO: NÃO DÊ SINAL VERDE PARA UM CHEQUE EM BRANCO. SUA CONTA PODE ACABAR NO VERMELHO.

AS MOÇAS DE PEIXES QUE SE CASAM COM RAPAZES DE AQUÁRIO DIFICILMENTE MORREM AFOGADAS.
(Jô Soares, 1995)
Com relação aos dois fragmentos, pode-se afirmar que:

a)   A criatividade supera a informatividade, por isso, os textos, apesar de comum, enfatizam o caráter humorístico.
b)   A informatividade supera a criatividade, por isso, os textos acrescentam ideias às que já conhecemos.
c)   A reunião de ideias de sentidos diferentes torna os textos incoerentes, sem nexo.
d)   Não há criatividade nem informatividade, pois os textos não dizem nada de novo, nem engraçado.
e)   Os fragmentos inconsistentes nas proposições permitem que os textos sejam escritos, mas não compreendidos.



14 comentários:

  1. onde ficam as respostas para serem conferidas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O GABARITO É: 1 E 2 A 3 A 4 C 5 D 6 E 7 A 8 A 9 C 10 E 11 E 12 B 13 E 14 C 15 D 16 E 17 E 18 B 19 A
      DESCULPA A DEMORA. MEU TEMPO É CURTO!

      Excluir
  2. O GABARITO É: 1 E 2 A 3 A 4 C 5 D 6 E 7 A 8 A 9 C 10 E 11 E 12 B 13 E 14 C 15 D 16 E 17 E 18 B 19 A
    DESCULPA A DEMORA. MEU TEMPO É CURTO!

    ResponderExcluir
  3. tambem fiquei em duvida quanto à resposta da 4ª...

    ResponderExcluir
  4. Amo suas sugestões de atividades
    . Continue cada vez mais inspirado.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. OI
    GOSTARIA DE VER O COMENTÁRIO DA 4ª QUESTÃO

    ResponderExcluir
  7. Oi, Eliomar!
    A resposta da 4ª questão é a letra "b", VFF.
    O texto da questão é estruturado em cima de outro texto de amplo conhecimento nacional. Além disso, ele sugere que, se não esquecemos o primeiro (clone), é porque já houve outras experiências sim. Ok?
    Perdoe-me a demora e volte sempre!

    ResponderExcluir
  8. Presumo que a questão 17 está errada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A palavra "energia" possui mais de um significado e não muda sua classe gramatical, portanto trata-se de uma polissemia.

      Excluir
    2. a número 3 está correta ?

      Excluir
    3. Olá, desculpa a demora.
      A número 3 tem por resposta a letra "b".
      A palavra "presente" pode ser mais de uma classe morfológica (subst. e adj.) por isso, a gramática chama de homônimo perfeito.

      Excluir