Quem sou eu

Minha foto
Remígio-PB, Paraíba, Brazil
Mestre em Letras pela UEPB e professor de Língua Portuguesa dos ensinos fundamental e médio. Meu interesse com esse espaço é poder divulgar e compartilhar com todas e todos minhas atividades escolares e questões objetivas de português para estudos voltados para concursos públicos e o ENEM.

terça-feira, 18 de setembro de 2018

ATIVIDADE SOBRE OS OPERADORES/ARTICULADORES ARGUMENTATIVOS


1.    Leia os enunciados abaixo e indique a relação lógico-semântica (sentido) de cada dos operadores argumentativos em destaque:

a)    Nosso candidato foi derrotado, porque houve infidelidade partidária.

b)    Farei o que estiver ao meu alcance para que nosso plano seja coroado de sucesso.

c)    Ganhará tudo o que quiser, desde que estude e passe de ano.

d)  Conforme o presidente afirmou, os juros têm que cair no próximo semestre.

e)    Depois que terminar o serviço, venha até aqui.

f)     Ela chorou tal qual criança que perdeu o doce.

g)    Como o som estava muito alto, as paredes do quarto chocalhavam,

h)    Estudamos bastante, portanto podemos contar com a aprovação.

i)      Apesar de ser atencioso e prestativo, não era querido pelos colegas.

j)     Acusados de assalto a banco em São Paulo-SP ficaram em silêncio no tribunal.

k)    Tal qual ídolo Senna, Hamilton deu show em Monza.

l)   Cerca de 50 pessoas são soterradas após passagem de tufão na Califórnia.

m)   O Procon Manaus percebeu que havia abusos de preços dos combustíveis, ou seja, a cobrança de valores absurdos na gasolina, etanol e diesel.

n)    Primeiramente, as pessoas têm que acabar com a hipocrisia social, para em seguida, lutar por um Brasil melhor e sem corrupção.

o)   Fale logo, porque estou com pressa.

p)   Não basta adquirir sabedoria; é preciso, além disso, saber utilizá-la.

q)  O problema foi sendo resolvido à medida que os responsáveis foram implementando novas mudanças.


2. Observe os operadores argumentativos em destaque nos enunciados abaixo e OS SUBSTITUA POR OUTROS que mantenham o mesmo sentido original dos textos.

a)    Uma vez que não o encontrei, resolvi telefonar.

b)    Caso você precise desabafar, ligue para mim.

c)    Embora não merecesse, recebi a promoção.

d)    Joana não foi tão esforçada quanto deveria.

e)    Fiz a dieta conforme orientou a nutricionista.

f)     Preparamos muita comida a fim de que todos possam se alimentar.

g)    Eu me sinto segura assim que fecho a porta da minha casa.

h)    Passou de ano, portanto ganhará um presente.

i)      Tem carta de motorista, entretanto, não dirige.

j)     Não entendia, ou fingia não entender.

k)    Terminarei amanhã porque estou atrasado.

l)      Gosta de serra, mas também de mar.

m)  Em primeiro lugar, precisamos debater os índices de violência contra a mulher.

n)    Em outras palavras, a ocupação do país teve um ordenamento muito mais militar do que se imagina.

o)    Por volta de 90% dos parlamentares são corruptos.

p)    Goleiros jovens raramente se firmam na Seleção.

q)    Ao proporção que o tempo passa, mais experientes ficamos.

3.    (UFPB 2010) No fragmento “A vida ganhou em qualidade, prorrogando a juventude, MESMO sem perder os benefícios da longevidade bem-vinda [...]”, a oração destacada expressa ideia de:

a)    Condição
b)    Consequência
c)    Concessão
d)    Comparação
e)    Causa

4.    (ENEM 2001)

O MUNDO É GRANDE

O mundo é grande e cabe
Nesta janela sobre o mar.
O mar é grande e cabe
Na cama e no colchão de amar.
O amor é grande e cabe
No breve espaço de beijar.

(ANDRADE, Carlos Drummond de. Poesia e prosa. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1983)

Neste poema, o poeta realizou uma opção estilística: a reiteração de determinadas construções e expressões linguísticas, como o uso da mesma conjunção para estabelecer a relação entre as frases. Essa conjunção estabelece, entre as ideias relacionadas, um sentido de:

a) comparação
b) conclusão.
c) oposição.
d) alternância.
e) finalidade.

5.     (ENEM 2011)

Cultivar um estilo de vida saudável é extremamente importante para diminuir o risco de infarto, mas também de problemas como morte súbita e derrame. Significa que manter uma alimentação saudável e praticar atividade física regularmente já reduz, por si só, as chances de desenvolver vários problemas. Além disso, é importante para o controle da pressão arterial, dos níveis de colesterol e de glicose no sangue. Também ajuda a diminuir o estresse e aumentar a capacidade física, fatores que, somados, reduzem as chances de infarto. Exercitar-se, nesses casos, com acompanhamento médico e moderação, é altamente recomendável.

(ATALIA, M. Nossa vida. Época. 23 mar. 2009)

As ideias veiculadas no texto se organizam estabelecendo relações que atuam na construção do sentido. A esse respeito, identifica-se, no fragmento, que

a) a expressão “Além disso” marca uma sequenciação de ideias.
b) o conectivo “mas também” inicia oração que exprime ideia de contraste.
c) o termo “como”, em “como morte súbita e derrame”, introduz uma generalização.
d) o termo “Também” exprime uma justificativa.
e) o termo “fatores” retoma coesivamente “níveis de colesterol e de glicose no sangue”.

6.    (ENEM 2010)

Os filhos de Ana eram bons, uma coisa verdadeira e sumarenta. Cresciam, tomavam banho, exigiam para si, malcriados, instantes cada vez mais completos. A cozinha era enfim espaçosa, o fogão enguiçado dava  estouros. O calor era forte no apartamento que estavam aos poucos pagando. Mas o vento batendo nas cortinas que ela mesma cortara lembrava-lhe que se quisesse podia parar e enxugar a testa, olhando o calmo horizonte. Como um lavrador. Ela plantara as sementes que tinha na mão, não outras, mas essas apenas.
LISPECTOR, C. Laços de família. Rio de Janeiro: Rocco, 1998

A autora emprega por duas vezes o conectivo mas no fragmento apresentado. Observando aspectos da organização, estruturação e funcionalidade dos elementos que articulam o texto, o conectivo mas

a)    expressa o mesmo conteúdo nas duas situações em que aparece no texto. 
b)    quebra a fluidez do texto e prejudica a compreensão, se usado no início da frase.
c)    ocupa posição fixa, sendo inadequado seu uso na abertura da frase. 
d)    contém uma ideia de sequência temporal que direciona a conclusão do leitor. 
e)    assume funções discursivas distintas nos dois contextos de uso.

7.    (ENEM 2010)




O texto, que narra uma parte do jogo final do Campeonato Carioca de futebol, realizado em 2009, contém vários conectivos, sendo que

a)    “após” é conectivo de causa, já que apresenta o motivo de a zaga alvinegra ter rebatido a bola de cabeça.
b)    “enquanto” tem um significado alternativo, porque conecta duas opções possíveis para serem aplicadas no jogo.   
c)    “no entanto” tem o significado de tempo, porque ordena os fatos observados no jogo em ordem cronológica de ocorrência. 
d)    “mesmo”  traz ideia de concessão, já que “com mais posse de bola", ter dificuldade não é algo naturalmente esperado.  
e)    “por causa de” indica consequência, porque as tentativas de ataque do Flamengo motivaram o Botafogo a fazer um bloqueio.

8.    (UEPB 2008)

O AQUECIMENTO CLIMÁTICO AMEAÇA AS GELEIRAS DO HIMALAIA

Por Julien Bouissou

O aquecimento climático está acelerando o derretimento das geleiras do Himalaia. Quarenta e nove postos de observação do clima, espalhados pela cadeia montanhosa, registraram desde meados dos anos 1970 um aumento da temperatura média de 1,2 ºC, ou seja, o dobro do aumento que havia sido registrado anteriormente, ao longo de um período equivalente, nesta latitude.

Em relação ao termo “ou seja” pode-se afirmar que é um operador discursivo que

a) nega o que foi apresentado anteriormente, indicando uma não contradição no decorrer do texto.
b) marca uma relação de retificação, distorcendo o enunciado anterior.
c) estabelece a progressão textual, ampliando o conteúdo semântico do enunciado.
d) delimita a relação entre os enunciados do texto, ocasionando uma redução de sentido à informação posterior.
e) introduz um argumento que produz efeitos de sentidos contrários, alterando a informação anterior.

9.    (UEPB 2008)

AMAZÔNIA: A FLORESTA SEM FIM

Antes apontada como o ‘pulmão do mundo’, sabe-se hoje que a importância da floresta amazônica é muito maior. De celeiro da biodiversidade a elemento controlador do clima do planeta, a região AINDA guarda muitos mistérios sob as copas das árvores. [...]
Entre o solo rico em agentes decompositores e a copa das árvores, a 40 metros há um hiato envolto pela penumbra. [...]

GIASSETTI, Ricardo. Amazônia: a floresta sem fim.
Revista Amazônia: conhecer fantástico. São Paulo:
Arte Antiga Editora, ano 3, n. 37, 2007, p. 5.

Em “[...] a região AINDA guarda muitos mistérios [...]” (l. 3-4), o termo em destaque funciona como

a) operador discursivo responsável pela organização das ideias que revelam a importância da floresta amazônica como controladora do clima do planeta.
b) introdutor de um argumento a mais, que estabelece uma relação sequencial, indicando a Amazônia, também, como guardiã de mistérios.
c) conector que estabelece, ao mesmo tempo, uma relação de contradição e de concessão, tendo em vista a Amazônia ser o “pulmão do mundo” e guardar muitos mistérios.
d) elo coesivo que marca uma relação conclusiva, pois a relevância da floresta amazônica é maior do que se pensava.
e) organizador textual que remete a um discurso anterior, mostrando a Amazônia como uma floresta sem fim, muito mais do que “pulmão do mundo”.

Texto para responder as questões 10 a 12:

ENTRE DUNAS E VOÇOROCAS

Em menos de duas décadas o minério começou a rarear e a ocupação desordenada das terras, os grandes desmatamentos, queimadas e pecuária extensiva causaram um enorme desequilíbrio ambiental.
Todos esses fatores associados ao frágil solo da região e as oscilações climáticas levaram Gilbués à total decadência, deixando um rastro de destruição de proporções alarmantes.
Segundo o agrônomo Adeodato Salviano, pesquisador da Universidade Federal do Piauí e especialista em solos, a desertificação já atinge dois terços do município, o que significa dizer que 796 mil hectares de terras antes produtivas estão completamente degradadas.[...]

SIMAN, Simone. Gilbués, a cidade que pode sumir do mapa. Revista Terra. São Paulo: Editora Peixes, ano 14, n. 174, outubro, 2006, p. 75.

10. (UEPB 2008)

Analise as proposições a seguir e marque V (verdadeiro) ou F (falso). A expressão “Em menos de duas décadas

( ) inicia uma oração subordinada ao enunciado posterior, exercendo uma função circunstancial temporal.
( ) faz referência a um marco temporal, evidenciando um processo de sucessão de fatos.
( ) indica imprecisão temporal nos termos usados e estabelece um efeito de subjetividade.
( ) apresenta adequação de uso no que se refere às regras de concordância nominal.

Assinale a sequência CORRETA.

a) F V V F
b) V V F V
c) F F V V
d) F V F V
e) F F F V

11. (UEPB 2008)

A expressão “Todos esses fatores”, ainda do texto da questão anterior, funciona como um organizador textual que

a) dá início a uma argumentação que se manifesta contrária à ideia do desequilíbrio ambiental.
b) faz remissão ao enunciado anterior, estabelece coesão referencial e proporciona a retomada da temática da desertificação.
c) produz efeitos de sentidos inadequados ao contexto dos grandes desmatamentos.
d) estabelece uma relação de ordem explicativa, que contraria as ideias da decadência de Gilbués.
e) introduz uma retificação, estabelecendo relações concessivas sobre a ocupação desordenada das terras.

12. (UEPB 2008)

Analise as proposições a seguir.

Em relação ao termo “Segundo” (l. 8), pode-se afirmar que

I. demarca a voz do autor citado, introduzindo procedimentos de reprodução discursiva, de forma indireta.
II. funciona como marcador temporal, sequenciando uma ideia e apresentando compatibilidade entre os enunciados do texto.
III. ordena a sucessão de vários fatos, colaborando com a continuidade do texto e estabelecendo a coerência narrativa.
IV. introduz uma frase verbal, podendo ser substituído por “conforme”.

Está(ão) CORRETA(S), apenas:

a) III e IV
b) II
c) I e IV
d) I e II
e) II e III

13. (UEPB 2007) A ausência de conectivos no texto abaixo acarreta problemas de coesão sequencial.

“O futuro da Varig poderá ser decidido nesta semana ________ o governo pague a conta. O Brasil que pode dar certo mostrou sua face na semana passada. ________ toda a comoção que cercou o leilão da venda da Varig, o governo manteve prudente distância da confusão. (...) O destino da maior empresa aérea brasileira está entregue à lei de Recuperação judicial, o mecanismo institucional adequado. Longe,________, do discurso nacionalista que durante muito tempo premiou a incompetência local com favores desmedidos. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDS) avisou que, ________ venha a financiar parte da aquisição, não abrirá mão de suas normas. Não se poderá, ________aconteceu no passado, lançar mão do dinheiro público para fazer mais largo o sorriso privado”.                                         (Veja, 14/06/06)

Indique a alternativa na qual estão listados os conectivos que preenchem, respectivamente, as lacunas do texto.

a) embora, Devido a, então, assim que, já que
b) a menos que, Embora, logo, caso, conforme
c) sem que, Devido a, pois, desde que, porque
d) sem que, Apesar de, portanto, caso, como
e) embora, Apesar de, portanto, uma vez que, visto que

14. Leia a tirinha de Hagar a seguir:


Sobre os valores semânticos dos operadores argumentativos presentes nessa tirinha, analise as afirmações a seguir:

           I- O elemento “se” empregado no primeiro balão indica uma condição para a oração principal.

II-       II- A conjunção aditiva “e” no segundo balão tem valor semântico alternativo, colocando o vendedor em situação de escolha.

        III-  Na fala do vendedor no terceiro balão, a conjunção “mas” estabelece oposição recriminando a proposta feita pelo cliente (Hagar).

 Está(ão) correta(s), apenas:

a) I e II
b) I e III
c) II e III
d) apenas a I
e) apenas a III

15. (UEPB 2010)

Características do internetês como abreviações, repetição de vogais, modificações do registro gráfico e as chamadas “risadinhas” estão associadas às possibilidades de registro gráfico-visual de certos padrões rítmico-entoacionais, que são assim registrados pelo sujeito. Não se trata, portanto, de degradação da modalidade escrita do português. Pode-se pensar, pois, que a presença desses fatos linguísticos da fala na escrita produzida no contexto da tecnologia digital (mas não somente) aponta, por um lado, para a identidade de um grupo ou de uma comunidade que quer se reconhecer por eles e por meio deles ser reconhecido, e, por outro, para a heterogeneidade característica da linguagem. [...]

KOMESU, Fabiana Cristina. A “skrita” na Internet. Discutindo Língua Portuguesa Especial, São Paulo: Escala Educacional, Ano 1, nº 1, julho/2008, p. 59.

Analise as proposições abaixo.

I - Os termos “portanto” e “pois” possuem equivalência semântica e provocam o mesmo efeito de sentido.
II - A locução “pode-se pensar”, se substituída por “deve-se pensar”, permanece com o mesmo valor semântico.
III - A expressão intercalada “(mas não somente)”, se colocada entre travessões, teria o seu sentido alterado.
IV - Os termos relacionais “por um lado” e “por outro” funcionam como conectores de ideias opostas.

Está(ão) correta(s), apenas:

a) III e IV
b) I, II e IV
c) I
d) IV
e) I, II e III

16. (UEPB 2010)

A REALIDADE SOCIAL DA VIRTUALIDADE DA INTERNET

Antes de mais nada, os usos da internet são, esmagadoramente, instrumentais e estreitamente ligados ao trabalho, à família e à vida cotidiana. O e-mail representa mais de 85% do uso da Internet, e a maior parte desse volume relaciona-se a objetivos de trabalho, a tarefas específicas e à manutenção de contato com a família e os amigos em tempo real. [...]                                   (CASTELLS, 2003, p. 99).

A expressão “Antes de mais nada” (linha 1):

a) É um recurso de textualização usado para estabelecer uma relação argumentativa que predetermina a temática do texto.
b) Serve como força de expressão, com a intenção de enfatizar que o e-mail é o recurso da internet mais utilizado.
c) Dá início a uma argumentação que se contradiz ao que se depõe sobre os usos da internet.
d) Introduz um segmento e funciona para explicitar o sentido metafórico da realidade virtual.
e) Estabelece uma sequenciação de valor exemplificativo e complementar relacionado aos objetivos de uso do e-mail.

17. (UEPB 2010) Leia o texto a seguir, e coloque V para proposição verdadeira e F para falsa.



Revista ISTO É, São Paulo: Editora Três,
ano 31, 02 de julho, 2008, p. 60.

( ) Os dados revelam decisões políticas para o avanço da inclusão digital na sociedade brasileira.
( ) A expressão “Neste prazo” remete ao quantitativo de professores que serão capacitados em informática.
( ) O termo “até” funciona no texto como indicação circunstancial que expressa um ponto de chegada da banda larga nas escolas.

Marque a alternativa correta.

a) F F V
b) V F V
c) V V V
d) V F F
e) F V F

18. (UEPB 2010) Analise as proposições acerca do enunciado abaixo.

“O laboratório foi preparado para receber nas próximas semanas 15 pontos de banda larga gratuitos”

Pode-se concluir que no enunciado:

I - Há um tempo de ocorrência que se refere à realização de duas  ações que se opõem na sucessão cronológica.
II - A palavra “para” introduz uma finalidade, ocasionando uma oração reduzida de infinitivo.
III - Há um equívoco quanto ao uso do termo “gratuitos”, pois, por atração, deveria concordar com “banda larga”.

Está(ão) correta(s), apenas:

a) I e III
b) II
c) I e II
d) III
e) I

19. (UEPB 2011)

Um comediante popular, como Tom Cavalcante, costuma dizer que a diferença está no uso da voz, não na idade da piada.”

Analise as proposições e marque a alternativa que apresenta a(s) correta(s).
I - O artigo indefinido usado em “Um comediante” assume no contexto função semântica valorativa.
II - O termo “não”, no enunciado, foi usado como formador de sentido e funciona como recurso argumentativo.
III - O termo “como”, no enunciado, foi usado para produzir um efeito de relação conformativa.

a) III apenas
b) I e II
c) I e III
d) II e III
e) II apenas

20. (UEPB)



Em “DESQUE QUE eram pequenininhos” a expressão em destaque, nesse contexto, é um operador discursivo com valor semântico que:

a) Estabelece o sentido de simultaneidade em relação a origem da amizade.
b)Introduz uma relação de condicionalidade que indica a permanência da amizade.
c) Acrescenta uma relação de eventualidade que remete ao encontro dos dois amigos.
d) Indica uma relação de temporalidade que remete a uma determinada época da amizade.
e) Faz referência ao modo como a amizade acontecia.

21. (UEPB 2014)

São séculos de história, mas as salas de aula não mudaram muito. Mesas e cadeiras ordenadas em linhas, uma lousa, mochilas e cadernos espalhados. Tudo como você e seus pais estão acostumados. Mesmo assim, o inglês Julian Germain acreditava que havia algo além do visível. E ele viajou por mais de vinte países para tentar encontrar. “Meu objetivo era mostrar de forma direta o espaço e os alunos, de todas as idades, em todas as aulas, da forma mais detalhada possível”. Depois de oito anos, o fotógrafo acabou com uma coleção de 450 retratos que reflete a complexidade cultural e econômica de cada nação. [...]
Luiz Romero. Revista Super Interessante. São Paulo:
Abril. jan/2013, p. 67.
 
Em “mas, as salas de aula não mudaram muito” (linhas 1-2), pode-se afirmar que o termo em destaque introduz a ideia de:

a) Asseverar a inferência de um argumento enunciado anteriormente, declarando a não aceitação desse fato.
b) Contrapor, não necessariamente, em direção oposta ao enunciado anterior.
c) Relacionar a ideia de concordância entre dois segmentos.
d) Restringir ao que acaba de ser enunciado, acrescentando uma informação indicadora de negação.
e) Aceitar o que foi enunciado, desconsiderando provisoriamente a informação dada.

22. (UEPB 2014) Ainda sobre o texto da questão anterior, a expressão “Depois de oito anos” indica um (uma):

a) Elemento de situação no espaço que funciona como demarcador de episódio.
b) Marcador conversacional que introduz uma mudança na conversa.
c) Relação de ação temporal anterior, que encadeia um resultado posterior.
d) Relação de causalidade expressa por uma causa e uma consequência.
e) Marcador de tempo simultâneo, encadeando a progressividade do texto.

23. (UEPB 2014) Marque a alternativa em que o enunciado NÃO estabelece CIRCUNSTÂNCIA TEMPORAL:

a) “Depois de deixar o comando do Congresso.”
b) “Durante a última estrofe do 'Hino Nacional'.”
c) “Mas, não seria este o primeiro sinal da solidão de Sarney.”
d) “No início da noite da quarta-feira 3.”
e) “No fim de fevereiro, quando chegava ao Plenário.”

24. (UEPB 2014) Do cartaz, abaixo, pode-se inferir que:


I - A predominância da negação funciona como instrumento de interação, formador de sentido, que expressa a intencionalidade do interlocutor.
II - O “não” funciona como segmento básico do enunciado em que o conjunto de conteúdos é englobado pela negação como linguagem apelativa.
III - O último enunciado do cartaz “estou aqui pelo que é justo” indica a força argumentativa do objetivo da mensagem.

Analise as proposições e marque a alternativa que apresenta, apenas, a(s) correta(s).

a) II
b) I, II e III
c) I e II
d) I e III
e) III

25. Análise as afirmações a seguir, acerca de recursos linguísticos utilizados.

1. No trecho: "Se a pessoa for "leiturizada", ou seja, já souber como se estrutura um texto...", a expressão sublinhada foi empregada para introduzir uma retificação.

02. "exigido bestamente em concursos públicos" equivale semanticamente a "exigido despropositadamente em concursos públicos". 

03. No trecho: "Como sempre tive o costume de escrever, às vezes, fico a pensar:", o segmento sublinhado tem valor causal.

04. O pronome sublinhado no trecho: "pessoas que leem bastante e frequentam ambientes nos quais prevalece o uso da língua padrão..." poderia ser substituído por "em que", preservando-se o sentido.

Estão corretas:
a) 1, 2, 3 e 4
b) 2, 3, e 4, apenas
c) 1, e 3, apenas
d) 2 e 4, apenas
e) 1, 3 e 4, apenas

26.

Quanto à relação lógico-semântica estabelecida no segundo balão “Mais rápido que a morte do Teori Zavascki”, é correto afirmar que:

a)Dá início a uma argumentação que se contradiz ao que é dito no 1º balão.
b)Estabelece relação de causalidade expressa na fala do sujeito com o jornal nas mãos.
c)Estabelece uma relação de ordem explicativa, em relação ao 1º balão.
d)Contém uma ideia de sequência temporal que direciona a conclusão equivocada. 
e)Estabelece o sentido de comparação em relação aos casos citados no 1º balão.


Curta nossa fanpage no facebook @escrevequeeuleio
e siga o nosso blog professorjeanrodrigues.blogspot.com.br

GABARITO

1.
a)      Causa
b)      Finalidade
c)       Condição
d)      Conformidade
e)      Tempo
f)       Comparação
g)      Causa
h)      Conclusão
i)        Concessão
j)        Modo
k)      Comparação
l)        Quantificação
m)    Reformulação
n)      Sequenciação/organização do discurso
o)      Explicação
p)      Soma
q)      Proporção

2.
a)      Já que
b)      Se
c)       Apesar de não merecer
d)      Joana não foi esforçada como deveria
e)      Segundo
f)       Para que
g)      Quando
h)      Logo
i)        Porém
j)        Ora não entendia, ora fingia não entender
k)      Pois
l)        E
m)    Primeiramente
n)      Isto é
o)      Cerca de
p)      Dificilmente

q)      À medida que

3. C
4. C
5. A
6. E
7. D
8. C
9. B
10. D
11. B
12. C
13. D
14. B
15. C
16. A
17. B
18. B
19. D
20. D
21. D
22. C
23. C
24. B
25. B
26. E

Nenhum comentário:

Postar um comentário