Quem sou eu

Minha foto
Remígio-PB, Paraíba, Brazil
Mestre em Letras pela UEPB e professor de Língua Portuguesa dos ensinos fundamental e médio. Meu interesse com esse espaço é poder divulgar e compartilhar com todas e todos minhas atividades escolares e questões objetivas de português para estudos voltados para concursos públicos e o ENEM.

sábado, 13 de outubro de 2018

EXERCÍCIO (QUESTÕES OBJETIVAS) SOBRE A CLASSE DA PREPOSIÇÃO


1. Observe a tirinha de Mafalda abaixo:


Com base nos usos das preposições nas falas de Malfada julgue as afirmações abaixo e assinale a única alternativa CORRETA:


I- A expressão “chegou a primavera” no 1º balão, a palavra em destaque é uma preposição.

II- A expressão “chegou à primavera” no 2º balão, a palavra em destaque é uma preposição, exprimindo o valor semântico de tempo (cronológico).

III- No 2º balão há a ocorrência de uma crase: fusão da preposição “a” regida pelo verbo “chegar” e do artigo “a” que acompanha o substantivo “primavera”.

IV- A expressão “chegou a primavera” no 1º balão, a palavra em destaque é uma preposição com valor de direção.

Está(ão) correta(s):

a) I, II  e III apenas
b) II  e III  apenas
c) I e IV apenas
d) II, III e IV apenas
e) Todas 

2. Assinale a alternativa que indica corretamente o valor semântico das preposições em destaque nas frases:

I. João sempre deu aulas com muita dedicação.

II. Com o desemprego em alta, ela voltou para a casa dos pais.

III. Antigamente, os alunos eram preparados para o mundo do trabalho.

IV. A parede torta da casa foi derrubada a marretadas.

a) modo – companhia – modo – modo
b) causa – modo – finalidade – instrumento
c) modo – modo – causa – causa
d) modo – causa – finalidade – instrumento
e) companhia – causa – semelhança – modo

3.  A frase em que a preposição destacada estabelece uma relação de causa é:

a) Calou-se em protesto a opressão.
b) Fique em paz.
c) Sente-se à mesa para jantar.
d) Escrevi a carta à mão. 
e) Ande com os bons e serás um deles.

4. Assinale a alternativa que indique a definição CORRETA de preposição:

a) Preposição é a palavra invariável que liga duas outras palavras, estabelecendo entre elas determinadas relações de sentido e de dependência.
b) Preposição é a palavra invariável que liga duas orações ou duas palavras de mesma função em uma oração.
c) Preposição é a palavra ou conjunto de palavras que exprimem sentimentos, emoções e reações psicológicas.
d) Preposição é a palavra cuja função principal é indicar o posicionamento, o lugar de um ser, relativamente à posição ocupada por uma das três pessoas gramaticais.
e) Preposição é a palavra que exprime uma quantidade definida, exata de seres (pessoas, coisas etc.), ou a posição que um ser ocupa em determinada sequência.

5. A preposição "POR" que há na mensagem de para-lama de caminhão expressa relação de:

a) causa
b) modo
c) intensidade
d) instrumento
e) meio

6. Assinale a alternativa em que a preposição destacada estabeleça o mesmo tipo de relação que na frase matriz: "A pontapés, a esposa expulsou o marido de casa."

a) Desejo todo o bem a você.
b) A julgar por esses dados, tudo está perdido.
c) Feriram-me a pauladas.
d) Andou a colher alguns frutos do mar.
e) Ao entardecer, estarei aí.

7. “O policial recebeu o ladrão a bala. Foi necessário apenas um disparo; o assaltante recebeu a bala na cabeça e morreu na hora.”

No texto, os vocábulos em destaque são respectivamente:

a) preposição e pronome indefinido
b) preposição e preposição
c) artigo e artigo
d) artigo e preposição
e) preposição e artigo

8. Assinale a alternativa em que ocorre combinação de uma preposição com um pronome demonstrativo:

a) Estou na mesma situação.
b) Neste momento, encerramos nossas transmissões.
c) Daqui não saio.
d) Ando só pela vida.
e) Acordei num lugar estranho.

9. Assinale a alternativa em que a norma culta não aceita a contração da preposição de:

a) Aos prantos, despedi-me dela.
b) Está na hora da criança dormir.
c) Falava das colegas em público.
d) Retirei os livros das prateleiras para limpá-los.
e) O local da chacina estava interditado. 

10. Assinale a única alternativa em que a preposição em destaque exprime valor semântico de que Pedro é o ASSUNTO da conversa: 

a) Eu falei a Pedro que isso não daria certo.
b) Eu falei perante Pedro que isso não daria certo. 
c) Eu falei sobre Pedro ao chefe, pois sei que isso não daria certo. 
d) Eu falei com Pedro de que isso não daria certo.
e) Eu falei em nome de Pedro de que isso não daria certo.  

11. Leia esta tira de Dik Brower.

Sobre as preposições usadas na tirinha é CORRETO afirmar:

a) Os usos da preposição “para” nos dois primeiros balões exprimem a noção de finalidade. 
b) As expressões “em busca de Glória” e “em busca da Glória” têm o mesmo significado no contexto em que estão inseridas. 
c) Na expressão “em busca de Glória” a preposição sublinhada denota o sentido de posse.
d) Apenas no 1º balão a preposição “para” exprime a noção de direção. 
e) As preposições sublinhadas “em busca de Glória” e “em busca da Glória” têm significados distintos, pois o 1º significa a busca de um objetivo e a 2º indica a procura de uma pessoa chamada “Glória”. 

12. (ENEM 2002)

A CRÔNICA MUITAS VEZES CONSTITUI UM ESPAÇO PARA REFLEXÃO SOBRE ASPECTOS DA SOCIEDADE EM QUE VIVEMOS.

  Eu, na rua, com pressa, e o menino segurou o meu braço, falou qualquer coisa que não entendi. Fui logo dizendo que não tinha, certa de que ele estava pedindo dinheiro. Não estava. Queria saber a hora.
      Talvez não fosse o Menino de Família, mas também não era um Menino de rua. É assim que a gente divide. Menino de Família é aquele bem-vestido, com tênis de moda e camisa de marca, que usa relógio e a mãe dá outro se o dele for roubado por um Menino De Rua. Menino De Rua é aquele que quando a gente passa perto segura a bolsa com força porque pensa que ele é pivete, trombadinha, ladrão. (...). Na verdade não existem meninos De rua. Existem meninos Na rua. E toda vez que um menino está Na rua é porque alguém botou lá. Os meninos não vão sozinhos aos lugares (...). Resta ver quem os põe na rua. E por quê.”
                     
(COLOSSANTI, Mariana. In: Eu sei, mas não devia. Rio de Janeiro: Rocco, 1999)

No segundo parágrafo em “... não existem meninos De rua. Existem meninos Na rua”,  a troca de De  pelo Na determina que a relação de sentido entre “menino” e “rua” seja.

a) de localização e não de qualidade.
b) de origem e não de posse.
c) de origem e não de localização
d) de qualidade e não de origem
e) de posse e não de localização.

GABARITO 

1. B
2. D
3. A
4. A
5. A
6. C
7. E
8. B
9. B
10. C
11. E
12. A


Nenhum comentário:

Postar um comentário